sexta-feira, 26 de novembro de 2010

Problemas de comunicação nos espaços educativos

Essa foi uma das atividades realizadas durante o curso de Mídias na Educação. Postei aqui porque acho o tema bem instigante, pois, por incrível que pareça, ainda há muita deficiência de comunicação dentro dos espaços educativos. Vamos ao texto:
"É incrível que em pleno século XXI, com o avanço acelerado das tecnologias, a falta e/ou problemas de comunicação ainda sejam constantes nos espaços escolares, quando a comunicação deveria ser prioridade e, por que não, um de seus desafios?
Para o educador Paulo Freire, a comunicação é elemento fundamental, pois é ela que transforma seres humanos em sujeitos. Freire estabelece a relação entre comunicação e educação, na medida em que esta última é vista como um processo daquela, já que é uma construção partilhada do conhecimento mediada por relações dialéticas entre os homens e o mundo.
Mas, infelizmente, o que vemos na maioria dos espaços educativos são gestores nada democráticos e, por conta disso, a comunicação fica totalmente comprometida. Pois, aquilo que não é decidido de forma coletiva, ou seja, “vem de cima para baixo”, não é efetivamente assumido por todos e é aí que começam os problemas.
O ideal para que os ecossistemas comunicativos funcionem na escola é a gestão democrática, já que neste tipo de gestão há a descentralização de vozes e, conseqüentemente, a dialogicidade e interatividade. Outro ponto muito importante dentro desse processo é pensar na qualidade das relações interpessoais, uma vez que isso irá trazer o equilíbrio e a harmonia dentro do grupo.
Os espaços comunicativos dentro das escolas deveriam ser mais aproveitados, como por exemplo, as reuniões pedagógicas e as reuniões com pais, que já são tão poucas. Mas, o que se vê são reuniões nada criativas e interativas, ao contrário, vê-se verdadeiros monólogos de gestores e técnicos, pais e/ou professores apáticos, sem interesse nenhum na reunião e, quando não, há o famoso “lavar roupa suja”.
As reuniões pedagógicas e as reuniões com os pais têm que ser criativas, democráticas e prazerosas. É fundamental que se utilize nessas reuniões as ferramentas tecnológicas disponíveis na escola e tem que ser um encontro com objetivos claros e que se saia de lá com resultados e/ou respostas.
Além das reuniões, existem outros meios que a escola utilizar para se comunicar, como exemplo temos: temos o celular, internet, através de emails, blogs, orkuts, etc, jornal escolar, o rádio, mural, cartazes e, é claro, não podemos esquecer do canto, do teatro e da dança, que podem ser utilizados também para transmitir mensagens. 

O importante é comunicar ....e bem!

Imagem: Google

Nenhum comentário:

Figuras de Linguagem IV